Tradição Ucraniana da Arte em Ovos: Oficina de Pêssanka na Colônia Rio da Areia – Canoinhas-SC

Sob a coordenação de Vilson Kotviski, os alunos puderam ter seus primeiros contatos com a arte da pêssanka.

A arte milenar ucraniana em ovos conhecida como pêssanka, foi tema de oficina cultural realizada na Colônia Rio da Areia (município de Canoinhas-SC). Em um clima de tranquilidade, os alunos puderam conhecer as técnicas para a confecção de pêssanka, através da coordenação de Vilson José Kotviski.

A comunidade ucraniana de Rio da Areia ostenta um dos poucos templos de madeira ainda existentes em Santa Catarina, e carece de uma maior atenção por parte dos órgãos públicos, para que esta obra histórica seja preservada. Inclusive o aprendizado da pêssanka foi um impulso de ânimo para as pessoas valorizarem mais a sua própria identidade cultural. Uma das participantes, Rose Mari Baij (40) afirmou que “aprender a arte da pêssanka sempre foi um sonho nós, mas nunca tivemos oportunidade. Agora vou poder passar para os meus filhos”.

Alunos da oficina. Ao fundo a imponente igreja ucraniana de Rio da Areia.

Viabilizada pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo a Cultura (FCC), a oficina integra o projeto “Pêssanka, Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense”.

Vilson José Kotviski – vilson@pessanka.com.br / www.pessanka.com.br

Localidad de Craveiro Cursillo de Pysanka- Milenar arte Ucraniana en Huevos.

Alunos de pêssanka em Craveiro

 

La técnica contemporánea del arte de la Pysanka fue demostrada en la localidad de Craveiro en los días 10 y 11/04/2010, a través del cuarto taller del Proyecto cultural  ”Pessanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense”. 

Craveiro es una comunidad rural del municipio de Santa Terezinha – SC, donde logramos conocer una juventud ucraniana muy animada y participativa. Según los relatos de las personas, fue la primera vez que hubo un cursillo del género y todos se quedaron muy contentos por la oportunidad y con los primeros resultados obtenidos. Sor  Emilia colaboradora para la organización del grupo, agradeció en nombre de la comunidad y pidió que sea recordada por la comunidad de Craveiro para Proyectos futuros, lo que ciertamente ocurrirá, por la óptima receptividad de las personas del lugar. 

primeiros resultados - coordenaçãop: Vilson José Kotviski

 

El cursillo fue coordinado por Vilson Kotviski, uno de los exponentes del arte Pysanka en el Brasil, autor del libro ‘ Pessanka – da Ucrania para o Brasil ‘ (2004) y del DVD ‘ A arte de Pintar Pessanka’ (2007). 

Vilson José Kotviski – vilson@pessanka.com.br  /  www.pessanka.com.br

Localidade de Craveiro: Curso de Pêssanka – Milenar Arte Ucraniana em Ovos. Vilson José Kotviski

igreja ucraniana em Craveiro

A técnica contemporânea da arte da pêssanka foi demonstrada na localidade de Craveiro nos dias 10 e 11/04/10, através da quarta oficina do projeto cultural “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense”.

Craveiro é uma localidade do interior do município de Santa Terezinha-SC, onde pudemos conhecer uma juventude ucraniana bastante animada e participativa. Segundo relatos do pessoal, foi a primeira vez que aconteceu um curso do gênero e todos ficaram muito contentes pela oportunidade e com os primeiros resultados obtidos. Irmã Emília, colaboradora para a organização da turma, agradeceu em nome da comunidade, e solicitou que seja lembrada a localidade de Craveiro em projetos futuros, o que com certeza acontecerá, pela ótima receptividade das pessoas do lugar.

Turma do curso de pêssanka em Craveiro - Santa Terezinha-SC

A oficina foi coordenada por Oksana e Vilson Kotviski, sendo viabilizada pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Fundação Catarinense de Cultura. A próxima oficina acontece nos dias 17 e 18/04 na localidade de Rio da Areia (Canoinhas-SC).

Vilson José Kotviski – vilson@pessanka.com.br     www.pessanka.com.br

Curso de Pêssanka em Colônia Craveiro, Santa Terezinha-SC – coordenação Vilson José Kotviski

Curso de Pêssanka em Colônia Craveiro

Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura

 

pessanka de Vilson José Kotviski

A quarta oficina do projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense” será realizada no próximo fim de semana na Colônia Craveiro, município de Santa Terezinha-SC.

A pêssanka tem origem à mais de 3000 a.C, sendo um dos símbolos mais importantes da cultura ucraniana, e seus desenhos  trazem belas mensagens como paz, harmonia, amor, saúde e amizade. A arte foi trazida à Santa Catarina através dos imigrantes que se fixaram principalmente no Planalto Norte, onde existem várias comunidades organizadas.

E é justamente em nestas comunidades que o projeto está sendo desenvolvido, como forma de contribuir para a preservação dos valores culturais que a imigração trouxe ao estado.

 A proposta é uma das vencedoras do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura (Fundação Catarinense de Cultura), e promoverá dez oficinas gratuitas em comunidades ucranianas de Santa Catarina, contando com a coordenação de Vilson José Kotviski (31) um dos expoentes da arte no Brasil.

Vilson José Kotviski – vilson@pessanka.com.br     www.pessanka.com.br

Oficina de Pêssanka em Caçador-SC (milenar arte ucraniana em ovos)

Oficina de Pêssanka em Caçador-SC

A Comunidade Ucraniana de Caçador-SC recebeu neste fim de semana (13 e 14/03) uma das oficinas do projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense” (Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Fundação Catarinense de Cultura).

encerramento da oficina em Caçador-SC

As atividades foram desenvolvidas na sede do SESC – Caçador, e contou com a participação de pessoas de diversas origens étnicas. A turma superou as expectativas, absorvendo muito bem os conteúdos e desenvolvendo ótimos trabalhos .  Para Leoni Welicz (presidente da comunidade) a oficina foi muito importante para despertar o interesse pela etnia ucraniana de Caçador, que a pouco tempo não era muito conhecida pela sociedade local. Também agradeceu aos coordenadores Oksana e Vilson Kotviski pela escolha da cidade, mesmo se tratando de um ponto extremo e distante dos demais núcleos de descendentes de ucranianos no Brasil.

Leoni Welicz, Vilson José Kotviski e Gustavo Felix, durante a oficina

Os materiais e os conhecimentos fornecidos à comunidade através do projeto já serão aproveitados na próxima semana, durante as comemorações do aniversário do município, que terá um grande evento no Parque de Exposições de Caçador. Neste local existe uma bela Vila das Etnias, e na casa ucraniana será oferecida a oficina de pêssanka aos visitantes.

Coordenação das oficinas e do projeto: Vilson José Kotviski  (vilson@pessanka.com.br)

detalhe do processo
primeiros resultadosdemonstração da técnica

Comunidade Ucraniana Ortodoxa do Jangada: 1º Oficina de Pêssanka com professor Vilson José Kotviski

A primeira oficina de pêssankas do projeto “Pêssanka Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense”, coordenado pelo artista Vilson José Kotviski, será realizada nos dias 06 e 07 de fevereiro de 2010, na localidade de Jangada do Sul, município de Porto União-SC.

Segundo Pe. Pedro Blaschechen, pároco da Igreja Ordoxa Ucraniana em Jangada do Sul, a comunidade está bastante animada e a turma já está completa.

O projeto é um dos vencedores do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura promovido pelo Governo de Santa Catarina, e vai realizar 10 oficinas de pêssanka em diferentes localidades do estado.

Vilson José Kotviski – vilson@pessanka.com.br

Livro: Pêssanka – da Ucrânia para o Brasil, contexto histórico e manual ilustrado da arte de Vilson José Kotviski

 

livro sobre pêssanka - publicado em 2004.
A arte da criação de pêssankas – ovos decorados ucranianos, é hoje uma grande manifestação da cultura popular no estado do Paraná e planalto norte de Santa Catarina, e este livro vem apresentar ao leitor as motivações de tal arte milenar ser preservada entre os descendentes ucranianos.Também fala da história das pêssankas, sua magia e simbologia, e ainda conta com um manual ilustrado, com a descrição da técnica desta arte, de forma clara e objetiva, sendo também uma fonte de orientação para qualquer pessoa que deseje aprender a confeccionar pêssanka. 
 
KOTVISKI, Vilson José. Pêssanka – da Ucrânia para o Brasil – contexto histórico e manual ilustrado da arte. 1ed. Palmas: Editora Kaygangue, 2004.

Encomendas: pessanka@pessanka.com.br

Vilson José Kotviski – Porto União-SC / União da Vitória-PR

Datas atualizadas das oficinas do projeto Pêssanka – Artesanato ucraniano, brasileiro, catarinense

Anunciamos as datas das oficinas do projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense”:

06 e 07/03/10: Jangada do Sul – Porto União-SC –  REALIZADA

13 e 14/03/10: Caçador-SC – REALIZADA

20 e 21/03/10: Mafra-SC  – REALIZADA

10 e 11/04/10: Colônia Craveiro – Santa Terezinha-SC  – REALIZADA

17 e 18/04/10: Canoinhas-SC – REALIZADA

24 e 25/04/10: Rio D`Areia – Canoinhas-SC –  REALIZADA

22 e 23/05/10: Pintadinho – Porto União-SC – REALIZADA

29 e 30/05/10: Três Barras-SC – REALIZADA

02 e 03/06/10: Porto União-SC – REALIZADA

03 e 04/07/10: Colorado – Santa Terezinha-SC – REALIZADA

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 10/07/2010. 

PROJETO FINALIZADO.

Maiores informações: pessanka@pessanka.com.br.

Vilson José Kotviski – Coordenador

vilson@pessanka.com.br

Edital Elisabete Anderle

28/10/2009 – Será realizada na quarta-feira, dia 04 de novembro, às 10 horas, no Teatro Governador Pedro Ivo, junto ao Centro Administrativo do Governo do Estado, em Florianópolis, a assinatura dos contratos dos 189 projetos vencedores do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, em cerimônia que contará com a presença do governador Luiz Henrique da Silveira, entre outras autoridades. Promovido pelo Governo do Estado de Santa Catarina, com apoio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e Conselho Estadual de Cultura (CEC), o edital representa um investimento de mais de R$ 6 milhões no setor. “Com o edital estamos ampliando as oportunidades de criação, distribuição e fruição dos bens culturais em nosso Estado, estendendo o acesso à cultura para as mais diversas comunidades”, acredita a presidente da FCC, Anita Pires. As inscrições, gratuitas, ficaram abertas entre 26 de outubro e 13 de março de 2009. Ao todo, foram recebidas 1.428 inscrições para as sete grandes áreas abarcadas no edital. Após análise da documentação, 1.083 projetos foram habilitados a continuar concorrendo aos prêmios. A área com mais inscrições foi a de Música, com 267 inscritos, seguida de Artes Visuais (215), Teatro (165), Letras (164), Patrimônio Cultural (107), Dança (87) e Artes Populares (78). Uma comissão julgadora formada por 21 membros trabalhou na seleção. “Este edital foi reconhecido como uma das melhores ideias do país para valorizar o trabalho dos produtores culturais. Todos os representantes do júri manifestaram-se nesse sentido e levaram esse modelo para seus estados a fim de materializá-lo”, afirma o presidente do CEC, Péricles Prade. “Os avaliadores ressaltaram a quantidade de projetos. Tivemos um extrato muito bom do que o segmento cultural de Santa Catarina pode produzir em termo de arte e cultura”, completa o presidente da Comissão de Organização e Acompanhamento do edital, Leone Silva. Voltado à produção, circulação, pesquisa, formação, preservação e difusão cultural em Santa Catarina, o Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura contempla sete áreas culturais, que foram subdivididas em segmentos. A área de Artes Populares foi subdividida nos segmentos Folclore e Artesanato e Arte Circense. Artes Visuais contemplará Projetos e Obras e Bolsas de Execução. Na Dança, recursos para Produção e/ou Circulação. Na área de Letras, subdivisão nos segmentos Publicações e Escritor na Escola. Para Música, recursos para gravação de CDs e DVDs. Na área de Patrimônio Cultural, investimento nos segmentos Material e Imaterial, Museus e Acervos. Em Teatro, prêmios para Circulação, Montagem e Pesquisa. O pagamento aos proponentes dos 189 projetos selecionados será efetuado em duas parcelas de 50%, sendo a primeira depositada logo após a assinatura do contrato, e a segunda até 28 de fevereiro de 2010. A documentação exigida para assinatura do contrato, informações sobre os jurados e a lista completos dos projetos selecionados estão disponíveis no site da Fundação Catarinense de Cultura (www.fcc.sc.gov.br). — Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura (FCC) Equipe: Deluana Buss e Sarah Westphal Fone: (48) 3953-2383 / 8843-8378 Email: imprensa@fcc.sc.gov.br Site: www.fcc.sc.gov.br Twitter: http://twitter.com/CulturaSC.

O Projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense” é um dos selecionados. Também estaremos lá assinando o contrato!

Vilson José Kotviski – vilson@pessanka.com.br

Projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense”

Santa Catarina: Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura

O projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense” foi um dos vencedores do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, promovido pelo Governo do Estado de Santa Catarina. “Este edital foi reconhecido como uma das melhores idéias do país para valorizar o trabalho dos produtores culturais. Todos os representantes do júri manifestaram-se nesse sentido e levaram esse modelo para seus estados a fim de materializá-lo”, afirma o presidente do CEC, Péricles Prade. “Os avaliadores ressaltaram a quantidade de projetos. Tivemos um extrato muito bom do que o segmento cultural de Santa Catarina pode produzir em termo de arte e cultura”, completa o presidente da Comissão de Organização e Acompanhamento do edital, Leone Silva. Voltado à produção, circulação, pesquisa, formação, preservação e difusão cultural em Santa Catarina, o Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura contempla sete áreas culturais, que foram subdivididas em segmentos. O projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense” de autoria de Vilson José Kotviski, foi contemplado na categoria de artes populares – folclore e artesanato, e promoverá dez oficinas de pêssanka em diversas localidades como: Pintadinho e Jangada (Porto União), Irineópolis, Caçador, Três Barras, Canoinhas, Mafra, São Bento do Sul, Papanduva e Itaiópolis. Outras informações em: http://www.fcc.sc.gov.br/