Tadeu Ribeiro é um dos vencedores do Prêmio Culturas Populares 2019 – Ministério da Cidadania, Secretaria Especial da Cultura

tadeu ribeiroCom a iniciativa intitulada “Danças Populares”, o Professor Tadeu Ribeiro, de União da Vitória-PR,  foi um dos vencedores do “Prêmio Culturas Populares 2019 – Edição Teixeirinha”, promovido pelo Ministério da Cidadania, Secretaria Especial da Cultura.

Esta premiação é um reconhecimento de nível nacional ao trabalho com as danças populares: “são mais de 30 anos de dedicação integral à cultura, com enfoque na área da dança, trabalhando com as danças populares, danças folclóricas e com as danças clássicas, além da montagem de espetáculos voltados à cultura brasileira”, afirma o agora reconhecido Mestre da Cultura Popular, Tadeu Ribeiro.

 

Foram premiados 150 mestres e mestras de todas as cinco regiões brasileiras, além de 100 grupos e associações,  como reconhecimento às iniciativas que contribuem para fortalecer e dar visibilidade a atividades da cultura popular e tradicional de todo o Brasil.

O secretário da Diversidade Cultural, Gustavo Amaral, destacou a valorização das mais diversas culturas das cinco regiões do País por meio do prêmio. “Esta atividade busca reconhecer a atuação exemplar de mestres e mestras e entidades culturais de todas as regiões do País. A ação é tão significativa que tem o poder de fortalecer estas expressões, ao mesmo tempo em que reconhece e valoriza as atividades culturais realizadas por todos os fazedores de cultura da nossa nação.”

Prêmio Culturas Populares

Lançado em 2007, o Prêmio Culturas Populares teve seis edições anteriores. No total, incluindo a edição de 2019, foram mais de 12 mil inscrições e 2.295 mestres, grupos e entidades sem fins lucrativos premiados. A cada edição, o prêmio é dedicado a um ícone da cultura popular nacional. Neste ano, homenageia o cantor gaúcho Vítor Mateus Teixeira, o Teixeirinha.

destaquinho_culturaspopulares-768x808

Mais informações em: http://cultura.gov.br/ministerio-da-cidadania-divulga-250-vencedores-do-premio-culturas-populares-2019/

Núcleo de Artesãos de Pêssankas de Porto União participa do 2o. Encontro de Tradições

O Núcleo de Artesãos de Pêssankas de Porto União e União da Vitória está participando do evento “Encontro de Tradições” que acontece dos dias 8 a 11/11/19, na cidade de Palmeira-PR.

Esta é a segunda edição do evento, sendo que também na primeira, realizada em Antonina-PR, o  Núcleo de Artesãos também esteve presente, com a exposição de pêssankas.

O Encontro de Tradições é realizado pela Olaria Cultural, com apoio da Copel por meio do PROFICE – Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura, do Estado do Paraná.

Programação completa em: encontro tradiçõeshttp://encontrodetradicoes.rds.land/programacaoencontro

São Mateus recebe oficina de pêssankas

A oitava edição do projeto Slava Ukraini! Valorização da cultura ucraniana no sul do Paraná foi realizada em São Mateus do Sul.

E entre as ações culturais, foi oferecida uma oficina de pêssankas gratuita para a comunidade, sob a coordenação do Mestre Vilson José Kotviski.

Os participantes entraram em contato com a arte milenar da pêssanka, tendo muito êxito em seus trabalhos, assim como foi nas outras edições já realizadas, como Paula Freitas, Antonio Olinto, Paulo Frontin, Rio Azul, Irati, General Carneiro e Cruz Machado.

A próxima edição do projeto será em Mallet 10/08/19.
2K4A9889

Cruz Machado – Oficina de Pêssankas

A Comunidade Ucraniana de Cruz Machado recebeu no dia 18/05/19 uma oficina de pêssankas ministrada por Vilson José Kotviski.

A oficina foi realizada no Salão Paroquial, onde os participantes tiveram contato com a arte milenar das pêssankas, entendendo o processo de feitura e assimilando aspectos relativos à história e simbologia da arte.

Vilson José Kotviski é Mestre das Culturas Populares, reconhecido pelo Ministério da Cultura em 2018. pessanka general

Oficina de pêssankas em Paula Freitas-PR

paula freitasSeguindo a agenda de oficinas de pêssankas, o mestre e artesão Vilson José Kotviski ministrou a última oficina antes da Páscoa 2019, na cidade de Paula Freitas-PR.

pafreA oficina aconteceu na Escola Municipal Mauro de Oliveira Cavallin, contando com o apoio da Secretaria de Educação de Paula Freitas.

oficina paula freitasParticiparam da oficina 23  alunos, que puderam ter contato com a arte milenar da pêssanka.

Vilson José Kotviski foi premiado como Mestre das Culturas Populares, pelo Ministério da Cultura em 2018.

Agenda de oficinas de pêssanka em 2019 – Vilson José Kotviski

Agenda de Oficinas 2019

 

Olá pessoal, em 2019 estarei participando do projeto “Slava Ukraíni! Valorização da Cultura Ucraniana no Sul do Paraná” ação que vai levar diversas atividades culturais na nossa região!

E entre as ações estão previstas oficinas de pêssankas em cada uma das cidades, conforme o cronograma abaixo:

23/fev 24/fev   Paulo Frontim
30/mar 31/mar   Antonio Olinto
13/abr 14/abr   Paula Freitas
27/abr 01/mai   Cruz Machado
01/jun 02/jun   General Caneiro
08/jun 09/jun   Rio Azul
29/jun 30/jun   Irati
20/jul 21/jul   São Mateus do Sul
03/ago 04/ago   Mallet
17/ago 24/ago   União da Vitória

 

Maiores informações do projeto estão em www.slavaukraini.com.br

Se informe acerca das oficinas em sua cidade, participe!

Vilson José Kotviski

tintas para pêssanka - o prontas para uso.
tintas para pêssanka – o prontas para uso.

Pêssanka no programa PLUG da RPC (afiliada da Globo no Paraná)

trecho sobre as pêssankas com o Mestre e Artesão Vilson José Kotviski
trecho sobre as pêssankas com o Mestre e Artesão Vilson José Kotviski

Para você que aprecia a arte da pêssanka e também a cultura ucraniana, tenho uma sugestão de uma reportagem que passou sábado passado no programa PLUG da RPC (afiliada da Rede Globo) sobre a nossa cidade de União da Vitória-PR!

Foram dois sábados de programa e neste trecho incentivei a apresentadora à fazer alguns traços de pêssanka com a cera de abelha!

E ela foi muito bem, veja como foi fácil! Então coloque nos seus planos de 2019: VOU FAZER PÊSSANKAS!

http://gshow.globo.com/RPC/Plug/videos/v/plug-continua-a-visita-pela-cultura-e-lugares-sensacionais-de-uniao-da-vitoria-bloco-2/7235737/?utm_source=facebook&utm_medium=share-player-desktop&fbclid=IwAR31SYOo_vhvFB8asAfyE4zMeyKvEoI_1Jwf8S4iJgRJ5w2rPvKT5QhSeUE

 

E se você ainda não baixou o e-book gratuito “Pêssankas – Ovos Escritos…”   Segue o link:

http://www.26.dtikm5.com/w/1e3e1t1Ae7bfwsiIfDecff2d3-5e!uid?egu=ex6h6gsrpt2dwumi

Projeto de Porto União da Vitória é aprovado pelo Ministério da Cultura no “Prêmio Culturas Populares”

Projeto de União da Vitória é aprovado pelo Ministério da Cultura no “Prêmio Culturas Populares”

2018 10 29 Vilson Kotvinski

Vilson José Kotviski é descendente de quarta geração de ucranianos que chegaram ao Brasil no ano de 1895. Administrador, técnico óptico e artesão de pêssankas é residente em Porto União (SC). Ele compartilhou o contentamento da aprovação do projeto PÊSSANKA ARTESANATO DA COMUNIDADE UCRANIANA, divulgado pelo Vencedores do Prêmio Culturas Populares 2018, ação do Ministério da Cultura.

Vilson é um dos grandes expoentes da arte da pêssanka no Brasil, é o fundador do site www.pessanka.com.br, autor do livro “Pêssanka – da Ucrânia para o Brasil” (2004 -1ed), do DVD “A Arte de Pintar Pêssanka” (2007), e do livro: “Pêssanka – Ovos Escritos, Expressão da Cultura Ucraniana no Brasil” (2013).

Mestre da Arte das Pêssankas Vilson José Kotviski é premiado pelo Ministério da Cultura: Prêmio Culturas Populares 2018

culturas_populares 2018pêssanka

O Ministério da Cultura (MinC) divulgou na última segunda-feira (22/10/18), no Diário Oficial da União, o resultado final do Prêmio Culturas Populares 2018 – edição Selma do Coco. Foram 500 iniciativas culturais populares vencedoras, em todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal.

E entre as 200 iniciativas de Mestres agraciadas pelo prêmio, está Vilson José Kotviski, de Porto União-SC, com as Pêssankas – artesanato da comunidade ucraniana.

“Sem dúvida este é o maior reconhecimento do meu trabalho de transmissão dos saberes tradicionais, algo realmente importante para a valorização da arte das pêssankas e também da nossa comunidade ucraniana, e sua contribuição para a cultura brasileira”, avalia o Mestre Vilson José Kotviski.

 

Sobre a Premiação

O objetivo da iniciativa é fortalecer as expressões culturais populares brasileiras, retomando práticas populares em processo de esquecimento e que difundam as expressões populares para além dos limites de suas comunidades de origem. Exemplos dessas iniciativas são o cordel, a quadrilha, o maracatu, o jongo, o cortejo de afoxé, o bumba-meu-boi e o boi de mamão, entre outros.

As iniciativas foram analisadas por uma Comissão de Seleção que avaliou critérios como contribuição sociocultural que o projeto proporciona às comunidades; melhoria da qualidade de vida das comunidades a partir de suas práticas culturais; e impacto social e contribuição da atuação para a preservação da memória e para a manutenção das atividades dos grupos, entre outros.

 

Outrapremiação 2018 - vilsons informações em:

http://www.cultura.gov.br/noticias-destaques/-/asset_publisher/OiKX3xlR9iTn/content/saiu-resultado-final-da-premiacao-minc-investira-r-10-milhoes-em-500-iniciativas-culturais-populares/10883?_101_INSTANCE_OiKX3xlR9iTn_redirect=http%3A%2F%2Fwww.cultura.gov.br%2Fnoticias-destaques%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_OiKX3xlR9iTn%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-1%26p_p_col_pos%3D2%26p_p_col_count%3D4

 

http://www.cultura.gov.br/documents/10883/1534477/Portaria+n%C2%BA%2018+de+18+10+2018+-+Homologa%C3%A7%C3%A3o+do+resultado+final+-Selma+do+Coco.pdf/4466b860-244c-4d46-902c-a6eaf02d6779