Arquivo da categoria: Cultura ucraniana

Kalena se apresenta em Canoinhas-SC. Projeto Valorização e Integração das Etnias do Vale do Contestado

O Folclore Ucraniano Kalena se apresenta neste sábado 26/05/18 em Canoinhas-SC, em mais uma etapa do projeto Valorização e Integração das Etnias do Vale do Contestado.

O evento é gratuito e acontece às 16h30 na Praça Lauro Muller, e contará com a participação de grupos convidados, trazendo ao público uma mostra da identidade cultural da Região do Contestado.

Esta é a quarta etapa de apresentações folclóricas do projeto, sendo que as anteriores aconteceram em Piratuba, Treze Tílias e Caçador.

www.grupokalena.com.br cartaz APRESENTACAO canoinhas

Kistka – ferramenta para escrever pêssankas

A kistka é a ferramenta mais usada para fazer pêssanka na Ucrânia e demais países onde encontram-se as comunidades da diáspora.

É composta de uma espécie de funil metálico fixado em um cabo de madeira, e é aquecido à vela para manter a cera de abelha derretida e assim fazer os traços das pêssankas.

No Brasil, grande parte dos artesãos usa o bico de pena, e a kistka entra como um meio auxiliar para preenchimento. Vai da preferência de cada pessoa, e de encontrar a ferramenta que mais se adapta ao estilo e gosto de cada um.

Quem está iniciando normalmente tem dificuldade com o bico de pena, então a kistka é uma ferramenta interessante para começar, já que requer menos habilidade nos traços iniciais!

Você encontra kistka no site: www.pessanka.com.br/loja

KISTKA 4

OFICINA DE PÊSSANKAS NA COLÔNIA LEGRU, PORTO UNIÃO-SC: PROJETO VALORIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO DAS ETNIAS DO VALE DO CONTESTADO

Vilson José Kotviski – pêssankas

Acontece no dia 12/04/18, na Colônia Legru, interior de Porto União-SC a terceira e última oficina de pêssankas do projeto Valorização e Integração das Etnias do Vale do Contestado.

A oficina será ministrada no Núcleo Educacional do Legru, pelo mestre e artesão de pêssankas, Vilson José Kotviski, e conta com o apoio da Secretaria de Educação de Porto União, através da Secretária Aldair Wengerkiewicz Muncinelli. Estão convidados alunos da escola e membros da comunidade para a participação na oficina.

O projeto foi desenvolvido pelo Folclore Ucraniano Kalena, de Porto União-SC, e realizará uma série de atividades, as quais são: 3 oficinas de pêssankas: em Caçador, Canoinhas e Colônia Legru (Porto União), e 5 apresentações artísticas do Folclore Ucraniano Kalena e convidados nas cidades de Piratuba, Treze Tílias, Caçador, Canoinhas e Porto2018-02-08-PHOTO-00012240 União.

 

Oficina de Pêssankas em União da Vitória-PR – Vilson José Kotviski

Acontece dia 21/03/18  a oficina de pêssankas – arte tradicional ucraniana que neste momento em que estamos na quaresma, período de preparação para a Páscoa.

A oficina será realizad no Clube Ucraniano, Rua Marechal Deodoro 341 – União da Vitória-PR, sob a coordenação do mestre e artesão de pêssankas Vilson José Kotviski.

Informações e inscrições: 42 98432 8561 ou 42 3522 1996.

cartaz OFICINA uva 2018

Estação Cultural promove oficina de Pêssankas em Lages-SC. Coordenação Vilson José Kotviski

estação cultural lages-sc

Evento faz parte do Projeto Estação Cultural e será realizada na Fundação Cultural de Lages – coordenação da oficina Vilson José Kotviski

Está de volta a programação do projeto itinerante Estação Cultural, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), que leva 150 atividades entre apresentações artísticas e oficinas a 50 cidades de Santa Catarina de fevereiro a abril de 2018. A iniciativa é uma parceria entre a FCC e as prefeituras municipais através das suas Fundações Culturais que receberão as atrações.

Lages é uma das 23 cidades do estado que receberão intervenções culturais a partir do dia 15 deste mês. Agora, os municípios contarão, também, com oficinas com foco em diversos segmentos artísticos como música, literatura, dança, patrimônio, entre outros. Para participar das oficinas, os interessados devem entrar em contato diretamente com o departamento de Cultura de cada município para mais informações.

“Estação é um projeto de circulação, integração e de estímulo à produção cultural catarinense. São mais de 150 projetos selecionados, mobilizando todas as regiões catarinenses, levando as mais variadas formas de expressão artísticas e também de conhecimento, por meio de oficinas. O que o projeto busca é a valorização do nosso artista, da sua produção e também a formação de público no Estado”, explica o presidente da FCC, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz.

O que é “Pêssanka”?

Do verbo ucraniano pyssaty, que significa escrever, Pêssanka ou Pysanka é um ovo colorido a mão e tem origem na arte milenar dos ucranianos de presentear divindades. A arte está presente em Santa Catarina através dos descendentes dos imigrantes ucranianos.

Os desenhos são símbolos que transmitem mensagens positivas de amor, respeito, gratidão, entre tantos outros anseios, sendo uma expressão singela do espírito humano. No encontro, os participantes terão oportunidade de vivenciar a técnica da arte das pêssankas, entendendo o processo de forma prática.

A oficina em Lages será nos dias 22 e 23 de fevereiro no Auditório Mario Augusto de Sousa na Fundação Cultural de Lages (FCL) e será ministrada por Vilson José Kotviski de Porto União. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas na Fundação Cultural de Lages a partir do dia 7 de fevereiro (quarta-feira).

Confira a programação para a cidade de Lages:

O quê: Oficina Pêssanka & Arte da Primavera

Data: 22/02/2018 – Das 14h às 18h

23/02/2018 – Das 8h às 12h

Local: Fundação Cultural de Lages

Informações e inscrições: (49) 3224-7425

fonte:  http://www.lages.sc.gov.br/noticia/11333/lages-recebera-nos-dias-22-e-23-de-fevereiro-oficina-que-contempla-a-arte-ucraniana-pessanka/

Oficina de Pêssankas em Canoinhas-SC: Projeto Valorização e Integração das Etnias do Vale do Contestado.

Acontece no dia 15/02/18 a oficina de pêssankas na Comunidade Ucraniana em Canoinhas-SC. Contando com a coordenação do mestre e artesão Vilson José Kotviski, a oficina é parte integrante do projeto Valorização e Integração das Etnias do Vale do Contestado., selecionado no Edital 1/2016 Chamamento Público de Projetos Culturais promovido pela Fundação Catarinense de Cultura.

O projeto foi desenvolvido pelo Folclore Ucraniano Kalena, de Porto União-SC, e realizará uma série de atividades, as quais são: 3 oficinas de pêssankas: em Caçador, Canoinhas e Colônia Legru (Porto União), e 5 apresentações artísticas do Folclore Ucraniano Kalena e convidados nas cidades de Piratuba, Treze Tílias, Caçador, Canoinhas e Porto União.

Abaixo está o cartaz com as informações gerais sobre a oficina! Reserve já a sua vaga diretamente com o Pe. Daniel Horodeski.

cartaz OFICINA Canoinhas 2018

Oficina de Pêssankas em Caçador-SC: Projeto Valorização e Integração das Etnias do Vale do Contestado – Folclore Ucraniano Kalena

Acontece no dia 10/02/18 a oficina de pêssankas na Comunidade Ucraniana em Caçador-SC. Contando com a coordenação do mestre e artesão Vilson José Kotviski, a oficina é parte integrante do projeto Valorização e Integração das Etnias do Vale do Contestado., selecionado no Edital 1/2016 Chamamento Público de Projetos Culturais promovido pela Fundação Catarinense de Cultura.

O projeto foi desenvolvido pelo Folclore Ucraniano Kalena, de Porto União-SC, e realizará uma série de atividades, as quais são: 3 oficinas de pêssankas: em Caçador, Canoinhas e Colônia Legru (Porto União), e 5 apresentações artísticas do Folclore Ucraniano Kalena e convidados nas cidades de Piratuba, Treze Tílias, Caçador, Canoinhas e Porto União.

cartaz OFICINA caçador-sc

Pêssanka: uma arte que existe a mais de 3 mil anos

O termo “pêssanka” é proveniente do verbo “pyssaty” que significa escrever. Arqueólogos descobriram no ano de 1992, nas ruínas da igreja de Krylos (coração da antiga Galícia), Ucrânia Ocidental, uma pêssanka de cerâmica datada de 1300 a.C. O que os levou a crer que os mais antigos ovos “escritos” podem ter sido criados pelo povo ancestral da cultura Trypillia, que vivia em vasta área do território ucraniano, desde 3000 anos a.C.

pessanka 1300a.C.

Na era pré-crestã, a pêssanka representava uma dádiva ao deus Sol, símbolo essencial e mais antigo dessa cultura. Elemento vital nessa latitude do continente europeu, o sol fazia a vida ressurgir na primavera, depois dos implacáveis meses de inverno, penúria e fome. Com o advento do cristianismo, a partir do ano 988 d.C., a Igreja incorporou seus símbolos religiosos e o ritual da Páscoa na confecção dos ovos. A pêssanka hoje é uma simbiose de seu significado pagão, a saudação ao renascimento da natureza, na primavera, com o principal sentido da cristandade, a celebração da Ressureição de Cristo, o renascimento da alma do homem.

Fonte: Sganzerla, Eduardo. Pêssanka: a arte ucraniana de decorar ovos: Brasil, Paraná. Editora Esplendor, 2007.

Oficinas de pêssankas confirmadas – Vilson José Kotviski

pessankaAs oficinas de pêssanka já confirmadas para 2018 são:

  • Caçador-SC 10/02/18 (sábado) a partir das 14h.
  • Canoinhas-SC 15/02/18 (quinta) a partir das 18h00
  • Lages-SC 22 e 23 (quina e sexta) a partir das 14h e 08h

Nas oficinas, os participantes terão a oportunidade de vivenciar a arte da pêssanka, aprendendo de forma prática a técnica desta arte milenar.

A coordenação será a cargo do mestre e artesão de pêssankas Vilson José Kotviski, um dos expoentes desta arte no Brasil.

www.pessanka.com.br