Tarás Schevtchenko – Poeta Maior da Ucrânia

Tarás Schevtchenko – Poeta Maior da Ucrânia

Março é o mês em que ucranianos do mundo todo celebram e homenageiam o maior poeta da história da Ucrânia, o homem que através de seus poemas, sacudiu a Ucrânia e despertou o sentimento patriótico adormecido pelo contínua opressão dos inimigos.
Em 1845, Schevtchenko escreve seu famoso “Poslánie” (carta), admoestando os nobres ucranianos que na época serviam à interesses estrangeiros, esquecendo de suas origens, e numa parte da carta, endereça uma mensagem aos “conterrâneos mortos, vivos e ainda não nascidos, que estão na Ucrânia e fora dela”, uma passagem deste poema contém um conselho universal:

“Estudem irmãos meus!
Pensem leiam,
Aprendam o alheio.
Mas não reneguem o que é seu,
Quem da mãe esquece,
Por Deus é castigado,
Por estranhos é renegado,
Em seus lares não é convidado.”

Tarás Schevtchenko tanto lutou pela liberdade, mas dos seus 47 anos de vida, durante 24 anos esteve sob o regime da servidão, 10 anos esteve preso, três anos e meio esteve sob vigilância policial e somente 9 anos e poucos meses pôde sentir-se livre.
A qualidade e a vastidão da obra que legou à posteridade é digna da maior admiração. São centenas de poesias e poemas, prosa, seu diário, sua valiosa correspondência (de que conservou-se somente parte). São centenas de valiosos retratos, alguns auto-retratos, explêndidos quadros a óleo, sépia e aquarela e mais de 1.300 desenhos e esboços, sem contar os extraviados.

maiores informações em: http://www.rcub.com.br/rcub/cultura/personalidades/taras-chevtchenko/